Entenda quais serão as futuras mudanças na Geração Distribuída

por | set 21, 2020 | Energia, Negócios

Tempo de leitura: 2 minutos

Não é novidade que a Geração Distribuída tornou-se hoje a melhor alternativa para Geradores até 5 MW disponibilizarem sua energia no mercado, por meio de consórcios ou cooperativas. Isso, porque através desta modalidade, mais precisamente a Geração Compartilhada, os empreendedores do ramo atingem receitas até 100% superiores aos tradicionais leilões ou mercado livre de energia.

Os valores de aluguel para usinas de fonte renovável proporcionaram uma rápida expansão desta modalidade, uma vez que além de permitir que pequenos projetos saíssem do papel, proporcionou também, através de empresas gestoras de energia como a NEX Energy, uma nova alternativa para consumidores economizarem em suas faturas de energia sem qualquer investimento. 

No entanto, esse expressivo aumento de Geradores originando a energia de suas usinas em GD, começou a causar certo desconforto nas distribuidoras locais de energia. Assim, desde o final de 2019, a ANEEL vem se posicionando a favor de uma mudança no Sistema de Compensação de Créditos de Energia, com intuito de reduzir as penalidades sofridas pelas Concessionárias/Distribuidoras de energia, devido ao volume de energia originado em Geração Distribuída. 

A partir disso, se iniciou uma grande organização entre os agentes envolvidos, que conseguiram levar a discussão para o âmbito político com a elaboração de um Anteprojeto de Lei a fim de promover uma transição mais adequada da atual REN 482/2012 para a “nova GD”.

Quais os impactos do Anteprojeto de Lei?

O Anteprojeto vai alterar várias condições existentes hoje na Geração Distribuída e seus modelos de compensação de energia gerada, sendo os principais pontos: 

Custo do Fio B (TUSD) repassado para o Consumidor

O formato de compensação dos créditos gerados em favor das unidades consumidoras será alterado, tendo os custos, referentes à distribuição de energia correspondentes ao Fio B (aproximadamente 28% da tarifa), passando a serem cobrados dos consumidores finais. 

E, consequentemente, gerando uma redução de até 20% nos valores de aluguel das usinas que entrarem em GD através de uma Cooperativa ou Consórcio, uma vez que os Cooperados/Consorciados não terão essa parcela dos créditos injetados na rede sendo compensada nas suas faturas de energia.

Gráfico dos Custos do Fio B - Geração Distribuida

Alteração da Titularidade

Com a finalidade de proteger os Geradores que já dispuseram de recursos visando os atuais preços dos aluguéis, o Anteprojeto também prevê que todos os empreendimentos que possuírem o protocolo da Solicitação de Acesso na distribuidora local até 31 de dezembro de 2020 poderão usufruir dos atuais benefícios da GD por mais 10 a 25 anos.

É importante destacar que existe grande probabilidade de que a partir de 2021, para se manter o direito adquirido dos benefícios, não seja possível realizar mudança de titularidade dos empreendimentos perante as distribuidoras.

Por isso, é de extrema importância que os Geradores realizem a Solicitação de Acesso sob titularidade de uma cooperativa. Já que por meio dela os empreendimentos conseguem garantir os atuais benefícios da GD e se blindar de qualquer eventualidade que possam penalizar os valores de aluguéis.

Demanda Contratada X TUSD Geração

Uma das alterações propostas pelo Anteprojeto de Lei nº02/19 que trará “fôlego” aos investidores de GD é a substituição da Demanda Contratada pelo valores de aplicação da TUSD Geração. Com isso, o valor mensal a ser pago pelos Geradores às Distribuidoras sofrerá reduções expressivas. 

Gráfico expondo com valores da atual GD com Nova GD - Geração Distribuída

Neste cenário de mudanças, a NEX Energy orienta que seus Geradores Parceiros e Potenciais Parceiros iniciem a implementação de seus projetos junto à distribuidora local o quanto antes.

Para isso, estamos fornecendo todo o apoio com informações, auxílios e orientações necessárias, visando acelerar a obtenção dos protocolos que asseguram as regras atuais da Geração Distribuída.

Quer saber mais sobre a NEX ? Basta acessar agora nosso site.

Share This