Quais são os tipos de biocombustíveis?

por | abr 29, 2021 | Sustentabilidade

Tempo de leitura: 2 minutos

Os biocombustíveis são um tipo de fonte de energia renovável que apresenta baixos níveis de poluição. Eles são uma alternativa para a utilização de combustíveis fósseis como o petróleo, o gás natural e o carvão, que liberam gases prejudiciais à atmosfera em seu processo de combustão e não são renováveis. 

De acordo com um estudo da Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA, sigla em inglês), os biocombustíveis, dentre outras atitudes sustentáveis, seriam capazes de reduzir cerca de 70% das emissões de gases prejudiciais à atmosfera até 2050; o que contribuiria para menores índices de poluição no planeta.

Uma das vantagens dos biocombustíveis seria que as matérias primas utilizadas para a sua elaboração, como a soja e a cana-de-açúcar, podem ser cultivadas, o que acaba gerando mais oportunidades de empregos no ciclo produtivo e também eleva os números de exportações do país.

Segundo a pesquisa Statistical Review of World Energy, da British Petroleum (BP), os Estados Unidos (com cerca de 697 mil barris de óleo equivalente por dia), o Brasil (com aproximadamente 444 mil barris de óleo equivalente por dia) e a Indonésia (com uma média de 123 mil barris de óleo equivalente por dia) foram os três países que mais produziram biocombustíveis em 2019. 

Para que você possa entender ainda mais sobre o assunto, a NEX separou alguns tipos de biocombustíveis e suas características, confira: 


Etanol

O etanol é um tipo de álcool gerado principalmente a partir da cana-de-açúcar. Ele é comumente utilizado como combustível para automóveis e pode ser uma alternativa para a redução do uso de petróleo. 


Biodiesel

O biodiesel é um tipo combustível gerado a partir de matérias vegetais ou animais. Ele contribui para a redução da emissão de gases poluentes na atmosfera e pode ser utilizado na produção de energia e no funcionamento de transportes. 

Biogás

O biogás pode ser gerado a partir da decomposição da matéria orgânica; para a sua elaboração podem ser usados insumos como o esterco, o lixo e os bagaços. Dentre os equipamentos necessários para a geração do biogás estão os biodigestores, que trabalham para adequar o ambiente de produção. 

Dos três tipos de biocombustíveis apresentados, o etanol é um dos mais populares no Brasil. Desde a criação do Programa Nacional do Álcool (Proálcool), na década de 1970, o etanol e outros tipos de biocombustíveis começaram a ser mais utilizados, na tentativa de reduzir o consumo dos derivados de petróleo.  

Estar atualizado sobre as tendências do mercado é extremamente importante, por isso a NEX sempre tenta trazer os melhores conteúdos para você. 

Quer acompanhar mais materiais sobre sustentabilidade? Então siga as nossas redes sociais.

Share This