Entenda por que o relatório do IPCC sobre mudanças climáticas é tão assustador

por | set 2, 2021 | Sustentabilidade

Novas tecnologias, descobertas científicas e inovações nas mais diversas áreas provam que, de fato, o mundo está mudando. Mas mesmo em meio a tantas transformações, ainda parece que a postura do homem em relação à natureza e às mudanças climáticas não conseguiu evoluir.

Os dados sobre as condições ambientais do planeta são cada vez mais preocupantes, demonstrando que a humanidade não está cumprindo o seu papel de cuidado e preservação dos recursos naturais.

Com a intenção de te deixar à par das discussões que envolvem a temática, trouxemos pontos importantes de um relatório recente elaborado pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), que faz parte Organização das Nações Unidas (ONU).

Sobre o que fala esse relatório?

O relatório “Mudança Climática 2021: a Base das Ciências Físicas” foi publicado em agosto pelo IPCC e aborda, dentre outras coisas, os impactos humanos no meio ambiente. Confira algumas das informações apresentadas no estudo:

Aumento da temperatura global

O relatório sobre as mudanças climáticas mostra que o aquecimento global está aumentando e prevê que a temperatura do planeta atinja ou ultrapasse 1,5 ° C de aquecimento nos próximos 20 anos, o que pode trazer diversos tipos de prejuízo. 

Ondas de calor e estações do ano

Com as temperaturas mais elevadas, as ondas de calor podem se tornar cada vez mais frequentes. Estações quentes do ano mais longas e estações frias mais curtas também fazem parte das possíveis alterações. 

Mudanças no ciclo da água

As mudanças climáticas podem intensificar o ciclo da água, possibilitando o aumento do número de inundações e secas em diversas localidades do globo terrestre. 

Derretimento das geleiras

O aquecimento global também pode causar o derretimento das geleiras e a perda da cobertura de neve sazonal, além de fazer com que o mar Ártico perca gelo durante o verão. Todos esses e outros eventos nesse sentido possuem consequências alarmantes e prejudiciais ao planeta. 

Alterações causadas nos oceanos

O nível do mar está aumentando cada vez mais, o que contribui para o desenvolvimento de eventos como inundações costeiras e enchentes da maré alta.

O relatório do IPCC indica também que alguns acontecimentos extremos ao nível do mar, que antes ocorriam uma vez em 100 anos, agora podem acontecer em todos os anos até o final deste século.

Mas ainda dá tempo de reverter a situação?

As mudanças climáticas e os impactos humanos no meio ambiente são realmente assustadores e causam consequências muitas vezes irreversíveis. Mas será que ainda existem formas de mudar essa situação? 

As emissões de gases de efeito estufa possuem grande responsabilidade na intensificação de fenômenos como o aquecimento global, e, por esse motivo, tentar frear a liberação desses gases pode ajudar muito na sustentabilidade do planeta. 

Pensando nisso, nós trouxemos algumas atitudes para você incluir no seu dia a dia e ajudar a reduzir as emissões de gases prejudiciais à atmosfera. Confira:

Evite o desperdício de alimentos 

O desperdício de alimentos é prejudicial em muitos sentidos, e seus processos podem liberar gases poluentes na atmosfera. Encontrar formas de evitar esse descarte de alimentos é fundamental.

Pense em alternativas de transporte

Os meios de transporte, de forma geral, são grandes emissores de gases poluentes na atmosfera, por isso, pensar em outras opções é essencial. Ir a pé ou de bicicleta para o trabalho, por exemplo, pode ser uma possibilidade. 

Utilize biocombustíveis

Utilizar biocombustíveis, como etanol, biodiesel e biogás, é uma alternativa para o uso de combustíveis fósseis, como o petróleo, o gás natural e o carvão, que emitem gases prejudiciais à atmosfera em seu processo de combustão, além de não serem renováveis. 

Produza menos lixo

Reduzir a produção de lixo também pode ajudar na sustentabilidade do planeta, já que muitos resíduos sólidos presentes em aterros sanitários liberam gases que agravam o efeito estufa.

Use energia limpa

As energias renováveis, como a hidráulica, a eólica e a solar, ajudam bastante na preservação do planeta, auxiliando também na redução da emissão de gases prejudiciais à atmosfera. 

Quer acompanhar mais conteúdos como esse? Então siga as redes sociais da NEX

Share This