Saiba quanto de energia gastam alguns eletrodomésticos “de inverno”

por | jul 2, 2021 | Energia

Com as temperaturas mais baixas trazidas pelo inverno, as blusas e os cobertores começam a “sair” dos guardas-roupas. Além de ficarmos bem aquecidos nesse período, também temos a tendência de consumir maiores quantidades de energia. O ventilador, por exemplo, ganha uma “folga”, e deixa o “trabalho duro” para aparelhos como aquecedores, secadores e chuveiros elétricos.

De forma proporcional ao uso frequente de eletrodomésticos na estação mais fria do ano, as contas de luz acabam ficando mais caras. Para piorar a situação, a  Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) estabeleceu um valor adicional para a bandeira tarifária vermelha patamar 2, definida para julho de 2021, causando um impacto ainda maior no bolso do consumidor.

Gastos energéticos dos eletrodomésticos “de inverno” 

Pensando na importância do assunto e no susto que ele pode causar no orçamento doméstico de muitas casas, a NEX decidiu trazer informações sobre o gasto energético de alguns dos eletrodomésticos mais utilizados no inverno.

Com isso, você vai conseguir se organizar e ter uma noção melhor sobre qual será o preço da sua conta de luz. Confira: 

Aquecedor de ambiente

Os aquecedores são muito usados nesse período de frio, deixando a casa um pouco menos gelada. O consumo médio mensal desse aparelho é de 193,44 quilowatt-hora (kWh), considerando 15 dias estimados de uso por mês, sendo 8 horas por dia. 

Ar-condicionado

Apesar de trazer um refresco para os ambientes em dias quentes, o aparelho condicionador de ar também é capaz de aumentar a temperatura, o que auxilia bastante em períodos mais frios. O consumo médio mensal de um ar-condicionado tipo janela (de 9.001 a 14.000 BTU/h) é de 181,60 kWh. Já o consumo médio mensal de um ar-condicionado tipo split (de 10.001 a 15.000 BTU/h) é de 193,76 kWh. Considerando, para ambos, 30 dias estimados de uso por mês, sendo 8 horas por dia. 

Torneira elétrica

Para não lavar a louça com água gelada no frio, muitas pessoas utilizam a torneira elétrica. O consumo médio mensal de uma torneira elétrica de 3250 W é de 48,75 kWh, considerando 30 dias estimados de uso por mês, sendo 30 minutos por dia.

Chuveiro elétrico

Muito utilizado em dias gelados, o chuveiro elétrico consegue fazer com que a água do banho fique mais quente. O chuveiro elétrico de 4500 W possui um consumo médio mensal de 72,00 kWh. Enquanto o chuveiro elétrico de 5500 W possui o consumo médio mensal de 88,00 kWh. Considerando, para ambos, 30 dias estimados de uso por mês, sendo 32 minutos por dia.

Secador de cabelo

Em dias frios, o cabelo molhado pode demorar um pouco mais para secar naturalmente, por isso, o secador de cabelo pode ser um equipamento utilizado com mais frequência nesse período. O consumo médio mensal de um secador de cabelo (de 1000 W) é de 5,21 kWh, considerando 30 dias estimados de uso por mês, sendo 10 minutos por dia. 

As informações sobre os gastos médios mensais de cada equipamento são do Procel Info – Centro Brasileiro de Informação de Eficiência Energética. Ainda de acordo com o Procel, para calcular esse custo mensal em reais, basta multiplicar o consumo médio (em kWh) pelo valor da tarifa cobrada pela concessionária local.

Como ficar atento aos gastos de energia?

Existem diversas estratégias para diminuir os gastos energéticos, tanto no inverno quanto nas outras estações do ano. Para auxiliar o consumidor em relação ao uso eficiente da energia, foi criado o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), que possui como símbolo principal o Selo Procel

Esse selo está presente em alguns aparelhos elétricos, indicando ao consumidor quais produtos possuem os mais altos níveis de eficiência energética. Isso pode fazer com que os gastos sejam menores. 

Outra forma de controlar os custos relacionados à energia é simular o consumo. A Companhia Paranaense de Energia (Copel), por exemplo, disponibiliza em seu site um simulador, que ajuda a calcular os gastos com energia elétrica, auxiliando o consumidor a não levar um susto com o preço de sua conta de luz no final do mês. 

Dicas para economizar energia no inverno

Além das alternativas mencionadas acima, as pessoas também podem mudar suas próprias atitudes em casa, visando reduzir o uso de energia. A NEX separou algumas dicas de economia energética na estação mais fria do ano, confira:

Tome banhos mais curtos

Tomar banhos mais curtos durante o inverno pode fazer com que o gasto energético do chuveiro elétrico seja menor, diminuindo assim o consumo de energia. 

Cuide dos equipamentos

Alguns aparelhos precisam de cuidados específicos para serem mais eficientes, como o ar-condicionado, que funciona melhor quando as janelas e portas do ambiente estão fechadas.

Opte por produtos mais eficientes e sustentáveis

Escolher utilizar produtos e aparelhos mais eficientes e sustentáveis sempre que possível pode ser um auxílio para a redução dos custos da residência.  Os aquecedores cerâmicos ou a óleo, por exemplo, são recomendados para economizar energia.  

Realize manutenções periódicas nos equipamentos

Além de todas essas mudanças, realizar ajustes e manutenções nos eletrodomésticos quando for preciso é muito importante, pois assim os equipamentos irão utilizar apenas a energia necessária para o funcionamento. 

Seja no inverno ou em qualquer outra estação do ano, é importante economizar energia, tanto para reduzir os seus gastos, quanto para auxiliar na sustentabilidade do planeta. 

Quer acompanhar mais conteúdos como esse? Então siga as redes sociais da NEX.

Share This