Tudo que você precisa saber sobre as bandeiras tarifárias

por | abr 13, 2021 | Energia

Tempo de leitura: 3 minutos

Você já percebeu um aumento no preço da sua conta de luz de um mês para o outro e não sabia qual era o motivo do reajuste? Acredite, você não é o único. A variação desses valores está relacionada à produção energética do país, e é informada aos consumidores por meio das bandeiras tarifárias. 

As bandas tarifárias fazem parte de um sistema que alerta mensalmente as pessoas acerca dos custos da geração de energia elétrica. As bandeiras são separadas por cores (verde, amarela e vermelha), que indicam o aumento ou a diminuição dos gastos. 

Como as bandeiras funcionam?

A geração de energia depende de alguns fatores climáticos, como os períodos de chuva ou de seca. Em períodos chuvosos, as hidrelétricas conseguem realizar um distribuimento energético para a maior parte do país, porém em épocas de escassez de chuva, essas usinas perdem a sua capacidade de geração. A partir desse cenário, outras fontes de energia são acionadas, como as termelétricas, que possuem um custo mais alto de produção. 

As bandeiras tarifárias funcionam, portanto, como sinalizadoras desses movimentos, alertando os consumidores sobre os preços de cada mês de acordo com as formas de geração de energia.

É importante lembrar que as bandeiras não são um gasto adicional para o consumidor, pois esse valor já está incluso na própria fatura.

Por que é importante saber qual é a bandeira tarifária do mês?

Com o sistema das bandeiras tarifárias, as pessoas e as empresas conseguem saber antecipadamente a previsão do valor de suas contas mensais de energia. Assim, os consumidores podem se organizar financeiramente, buscando realizar economias energéticas em suas residências ou estabelecimentos.  

A redução do uso de energia por parte do consumidor não possui a capacidade de mudar a cor da bandeira de forma direta, pois elas são alteradas de acordo com as formas de geração de energia, e não necessariamente com os menores índices de utilização. 

De qualquer forma, a diminuição dos gastos energéticos de uma residência ou empresa, possibilita ao consumidor uma queda ou estabilização no preço de sua conta de luz, além de contribuir para a preservação dos recursos energéticos e da sustentabilidade do planeta.

O que significam as cores das bandeiras?

Como mencionado anteriormente, as bandeiras são divididas em três cores, que representam o aumento ou a diminuição dos gastos energéticos. As cores das bandeiras e seus significados são: 

Verde

A bandeira verde representa que as condições para a geração de energia estão favoráveis e que não haverá um aumento no preço das contas de energia. 

Amarela

Quando as condições para a geração de energia não estão tão favoráveis, a bandeira fica amarela, representando um alerta para os consumidores pouparem energia. Nessa bandeira há cobranças adicionais proporcionais ao consumo de energia na razão de R$ 1,50 por 100 kWh (ou suas frações).

Vermelha

A bandeira vermelha representa uma piora ainda mais significativa nas condições de geração de energia, sinalizando ao consumidor que o preço da conta pode aumentar. Esse estágio é dividido em dois patamares:

  • Bandeira vermelha (patamar 1): As condições de geração de energia são ruins, indicando que as quantidades de consumo devem ser repensadas. Há também um aumento na tarifa, as cobranças adicionais proporcionais ao uso são na razão de R$ 4,00 por 100 kWh (ou suas frações).
  • Bandeira vermelha (patamar 2): Serve de alerta aos consumidores sobre uma piora expressiva nas condições de produção energética. O acréscimo da tarifa é ainda mais significativo, as cobranças adicionais proporcionais ao consumo são na razão de R$ 6,00 por 100 kWh (ou suas frações).

Como e onde saber qual é a bandeira do mês?

A bandeira tarifária normalmente está descrita na parte inferior da fatura da conta de luz, mas o site da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) também divulga o valor da bandeira para o próximo mês. 

A bandeira que está em vigor no momento deve ser informada nos endereços eletrônicos de todas as distribuidoras em um período de dois dias úteis após a comunicação da ANEEL. 

Vale lembrar que, se você for um consumidor NEX e está com alguma dúvida sobre as bandeiras tarifárias, basta entrar em contato com nossa equipe que está sempre a disposição para lhe ajudar. 

Quer acompanhar mais conteúdos sobre energia? Então siga as nossas redes sociais.


Share This